Não se consegue chegar a lado nenhum se não tivermos objetivos. Ponto.

 Porquê? Não se trata tanto duma questão de sermos “organizadinho(a)s” – embora esse aspeto também conte – mas sim de PROGRAMAÇÃO CEREBRAL.

Sim, leu bem: P R O G R A M A Ç Ã O   C E R E B R A L.

Hoje em dia ouvimos com bastante frequência falar em objetivos (de vida, profissionais, etc.) mas não nos dizem que, segundo alguns estudos, APENAS 7% da população mundial tem metas ou objetivos de vida definidos.

Não nos dizem que APENAS 3% os têm escritos. Da mesma forma, também não nos dizem que esses 3% correspondem às pessoas que MAIS SUCESSO têm!

Que relação há então entre objetivos escritos e sucesso?

Façamos um paralelismo que todos nós seguramente reconhecemos na nossa vida: há cerca de 25 anos atrás, os meus pais compraram um carro novo, um Citroën BX. Ora acontece que a partir daí reparei que havia IMENSOS Citroën BX por esse Algarve fora!!

Não pense que houve algum boom destes modelos; pelo simples facto de eu ter na minha mente a imagem deste modelo, o meu subconsciente alertou-me para todo e qualquer modelo igual que eu visse.

Já aconteceu consigo também? Então já está a ver … Provavelmente pensou (tal como a grande maioria) que era “por acaso”.

 Bem, NADA É POR ACASO.

 “Success is goals and all else is commentary.” (Brian Tracy)

Retomaremos este assunto no próximo artigo.

Uma boa semana! 🙂